SAÚDE




AMAMENTAÇÃO: SIM OU NÃO


Em algum momento da vida as mulheres param para pensar se querem ou não ser mães. Algumas já tem essa certeza desde muito jovens, enquanto outras vão aderir a esta ideia mais tardiamente. Mas não posso deixar de ressaltar que ainda existe uma parcela de mulheres que não se veem cumprindo este papel.

Dito isso, vamos partir para o ponto alto pós a gestação que é a amamentação.




A amamentação vai além de alimentar o bebe. O ato de alimentar é o primeiro ato de carinho com o bebê. Ate os 06 meses a forma com que os bebes tem para conhecer o mundo é a boca. O contato da boca do bebê com o seio materno gera segurança, prazer, alimenta além de estimular o desenvolvimento da musculatura perioral.

Vamos esclarecer as principais duvidas sobre esse assunto

Toda mulher tem leite?


Fisiologicamente todas as mulheres estão preparadas para ter leite. O nosso seio não é estoque de leite e sim uma fabrica. Para que o seio produza leite é necessário ação de hormônios e o seio tem que ser estimulado e esse estimulo acontece com a sucção feita pelo bebê. Quanto mais ele suga, mais leite você produzirá. 


Meu bebê suga mas não sai leite. Por que?


Temos aqui algumas situações. A primeira e mais comum é a ansiedade pós parto. Logo após o nascimento o nosso seio ainda não libera leite propriamente dito e sim uma substancia transparente chamada colostro e algumas mulheres se desesperam aí e desistem de amamentar. O colostro é um "pré leite" extremamente rico em nutrientes para o bebê. E este colostro sustenta o bebê sim. Após algumas mamadas este colostro da espaço ao leite propriamente dito. A segunda causa mais comum é a "pega" errada do bebê. Para que o seio seja estimulado a produzir o leite e para que o bebê sacie a fome, ele deve abocanhar o seio de forma correta. Ele não pode pegar somente o bico do seio, a boca do bebê deve "abraçar" a aureola do seio. E a terceira é a preparação incorreta do seio durante a gestação. Algumas mulheres não possuem o bico do seio ou ele não esta desenvolvido. Exercícios que estimulam a formação do bico devem ser feitos durante a gestação.


Amamentar faz o peito cair?



Não! O nosso peito é gordura! O que faz o peito ficar mais flácido é a perda dessa gordura. Vai acontecer ate mesmo se você fizer uma dieta muito restritiva com perda rápida de peso. Não precisa amamentar para que isso aconteça.



Quais DICAS você daria para preparar para amamentar?



Esfregue o seio, principalmente bico e aureolas com bucha vegetal. Isso ajuda a pele a se tornar mais resistente e você não terá problemas com rachaduras. 
Alias esfregue a bucha nas coxas, barrigas, pernas e bumbum. Esse ato evita as estrias da gestação. 


Tome 15 min de sol sem soutien todos os dias antes das 10 da manhã ou após as 16 hrs da tarde. 


Se você não tem bico de seio ou ele não é tao evidente, massageie fazendo pequena tração no banho. Vale pedir pro marido sugar (não se preocupe porque não vai sair leite), ou ainda usar conchas especificas para preparar o seio.










CRIANÇAS X ÓCULOS



E ali esta seu pequeno, com os olhos espremidos e com a carinha enfiada no meio da tela da TV e por vezes você aproveita esses momentos para tomar um banho e escovar os dentes. Em poucos dias surge as dores de cabeça e com passar dos anos vem as notas ruins, dificuldade de relacionamento e etc...

Por este pequeno texto parece que estou descrevendo um quadro patológico muito grave não é? Mas este texto reflete apenas uma criança que precisa usar ÓCULOS!

Para falar com vocês sobre este assunto vou dividir minha experiencia. João Vinicius começou a realizar atividades de alfabetização aos 3 anos. Claro que ninguém estava o ensinando a ler, era apenas apresentação das letras. Mas isso era o suficiente para que ele se queixasse de dor de cabeça.

Aguardei uns dias para ver se aquilo não era manha por conta de uma atividade nova. Mas os sintomas não melhoraram e comecei a observar que ele também tinha dificuldade em assistir TV.

Marquei uma consulta para ele e o levei ao Oftalmo que diagnosticou miopia e astigmatismo. Mas como convencer uma criança de 03 anos a usar um óculos que incomoda, suja, embaça...?

Enfim este é o objetivo deste texto!

Faça do momento da noticia algo especial e o faça sentir importante por receber um objeto tão valioso quanto o óculos! 

Envolva-o no processo de escolha. Mostre opções para ele (dentro das que você selecionou previamente). Incentive-o a escolher! 

Mostre a ele personagens que usam óculos e outras crianças quando ver alguma pela rua. 

Se alguém da família usar óculos esta poderá ser sua fonte inspiradora. 

No dia em que o óculos ficar pronto deixe a criança usar pela primeira vez em casa. A criança pode ter náuseas e ate vomito já que o olho ainda esta se acostumando com a refração da lente. É comum a criança ficar pisando alto, tropeçar, esbarrar nas coisas. 

NÃO CRITIQUE A CRIANÇA!!! Ela está se adaptando! Incentive-a. Elogie!! Como ela ficou linda de óculos!!! 


Enfim Divas, esta experiencia será para cada criança um desafio particular entretanto cabe a você mostrar que tudo pode ser muito agradável!!










REESCREVENDO A NOSSA HISTORIA A CADA DIA!






A minha vida era perfeita! Eu fora casada, tive três filhos lindos e éramos realmente muito felizes... Meu casamento estava havia completado 14 anos e a partir dele construímos não só um amor inabalável, construímos uma amizade, um companheirismo, uma cumplicidade... e como dizem por aí - "quando o amor não cabe mais entre duas pessoas Deus manda outra vida" - Deus me mandou três vidas de presente.

Quando vivemos uma vida tão perfeita, tão cheia de amor, achamos e queremos acreditar que que a felicidade não terá fim. Mas a vida sempre nos prova. E não sabemos o que vamos encontrar na próxima esquina. E eu fui colocada a prova.

Em abril de 2013 meu marido descobriu um tumor que nos abalou profundamente. Claro que mesmo muito tristes e por vezes perdidos decidimos lutar juntos contra a doença! E foi o que fizemos. 

Lutamos!!! Lutamos com todas as forças, fizemos o possível e o impossível para q ele ficasse!!! Mas, mesmo os melhores soldados as vezes perdem a batalha e infelizmente não era a vontade de Deus que ganhássemos essa... No dia 30 de junho de 2013 eu vivi o pior momento da minha vida, eu perdia ali naquele dia o meu companheiro, meu amor...

Me vi sem meu amigo, tendo que enfrentar a minha dor e confortar as crianças; contar aos meus pequenos sobre a morte do pai que eles tanto amavam e veneravam. Ouvir o choro de dor e angústia daqueles que você colocou no mundo com o propósito de nunca deixar sofrer... mas isso não estava em minhas mãos... 


Sofremos muito... 


Como é difícil ouvir seu filho de dois anos gritar por horas pelo pai... Como é duro ouvir de um menino de 4 anos que Deus não é justo, porque ele só tinha um único pai e Deus o levou dele... Ver o seu filho de 11 anos se fechar para o mundo... 

Mas ainda assim mesmo com toda dor e sofrimento, ainda havia muito amor entre nós e juntos conseguimos driblar todo o sofrimento e deixar apenas a saudade gritar alto em nossos corações. 

E quando eu achava que tudo estava voltando ao que era antes ou pelo menos se aproximando disso, que tudo caminhava bem, e que eu havia sofrido o suficiente para uma mãe, mais uma vez eu me enganava... 

Se passaram 6 meses... apenas 06 meses após o falecimento do meu marido e descobrimos que meu filho mais velho também estava com um tumor.... Meu mundo desabou... E eu num primeiro impacto não sabia o que fazer, como agir... Era o meu filho... O chão se abriu sobre meus pés. Então me vi preparando para uma nova batalha. Lutamos uma batalha a cada dia e fomos vencendo todas uma à uma. Durante o tratamento do João os médicos me pediram para trazer Arthur e Vinicius para uma consulta de rotina e alguns exames de avaliação. Foi exatamente assim que descobrimos que os outros dois meninos começavam a apresentar sintomas desse mesmo tumor... 

Hoje meus meninos mantem tratamento e acompanhamento no GRAACC em SP. Lá eles tem toda a atenção e carinho que eles precisam para vencer suas batalhas.... 

Com muita dificuldade; passei muito tempo tentando descobrir onde eu havia errado, para que tudo isso estivesse acontecendo comigo e com meus filhos, logo eu que só queria protege-los... 


Só depois de muito tempo eu pude entender que tudo absolutamente tudo o que nos acontece é a vontade de Deus e que Ele não nos dá uma cruz com o peso maior que a gente possa carregar... Hoje decidimos viver um dia de cada vez, vencendo e perdendo batalhas! Porém nós nunca deixamos de acreditar que Deus está conosco, faz de nós cada dia mais fortes, porque mesmo nos sentindo fracos somos fortes com Deus... Quando achamos que não vamos aguentar mais, Ele nos carrega no colo e acalma nosso coração ....



Depoimento Bruna Chiste








EMAGRECI 100KG E TROQUEI DE LIVRO!!!






"A obesidade não nos rouba somente a saúde, ela nos rouba a felicidade de momentos simples que deveriam ser aproveitados."



Sempre fui gordinha, sempre quer dizer sempre mesmo!!! Desde de que nasci! Passei por diversos tratamentos com medicamentos e de reeducação alimentar para perder peso. Emagrecia 10, 20, 30kg e engordava 40kg! O que eu não percebia é que o principal aspecto ainda não havia sido tratado: o psicológico.

Na adolescência e na vida adulta, eu tentava compensar a reclusão social causada pelo excesso de peso me aprofundando nos estudos, o que por um lado me trouxe inúmeros benefícios. 

No auge dos meus 27 anos, iniciando o doutorado, percebi que todos os meus objetivos planejados ainda na adolescência, haviam sido alcançados; mas algo ainda me faltava. Era a necessidade de me sentir plena na vida, de viver intensamente, sem medo das doenças advindas da obesidade ou de quebrar uma cadeira plástica. Coisas simples como passar numa catraca do ônibus ou uma poltrona de um cinema tornam o mundo de um obeso, um verdadeiro mar de tristezas e desaprovações. Sem contar os olhares de reprovação, como se o obeso escolhesse ser obeso, como se houvesse escolha. A obesidade era o comandante da minha vida, era ela que determinava o que eu podia ou deveria fazer.

Eu vivia com medo, medo de adoecer, medo de infartar, medos e medos... 

Diante desse “algo” que estava faltando, percebi que meu corpo apresentava sinais de cansaço, subir 04 andares da faculdade no meu doutorado, era um sacrifício, caminhar por 500 metros era como correr uma maratona. 

Em outubro de 2012, fui para um congresso, eu estava hospedada no 3º andar de um hotel sem elevador... para poder ir as palestras, precisávamos subir um longo caminho... era um morro, e descíamos e subíamos, 2, 3, 4 vezes ao dia. No fim do dia eu estava morta... 

Foi naquele dia, que eu decidi, CANSEI. Eu havia cansado de me esconder atrás da intelectualidade, estava cansada de me arrastar e não viver...

Logo que retornei, decidi marcar um cirurgião gástrico, para verificar a possibilidade de uma cirurgia de redução de estômago, o especialista da minha cidade, tinha vaga para somente janeiro de 2013. Foi necessária a longa e demorada espera, mas fazia parte de um processo, e todo processo precisa ser planejado.

17 de janeiro de 2013 – 15h., esse era o dia da tão esperada consulta com meu cirurgião, Dr. Fábio Bonaldi! Não posso negar que não dormi direito, que a vontade de desistir e continuar na mesma era enorme. Mas situações extremas precisam de decisões extremas e mesmo com todo medo do mundo eu fui, preferi ir sozinha, mesmo tendo todo o apoio da minha amada família, eu precisava tomar essa decisão sozinha, cabia a mim e somente a mim fazer as escolhas. 

Mas ainda tinha um agravante, decidida em ir ao médico, eu precisava me pesar, eu sabia que chegaria lá e iria ter que subir na balança e me deparar com minha realidade, apesar de anos fugindo dela. 

Quando Dr. Fábio (eu esperava um médico que esbravejaria e questionaria porque eu havia chegado naquele grau de obesidade), abriu aquela porta, com toda sua simpatia e graciosidade uma enorme sensação de esperança tomou conta de mim... Era tanto carinho com seus pacientes, que em 05 minutos de conversa eu não tive mais medo da bronca!

A primeira coisa a ser feita era me pesar, eram exatos 177, 800kg! Isso! Quase 178kg, em 1,65m. Minha obesidade era grau IV, ou super obesidade, meu IMC era 66,66, o indicado para cirurgia é acima de 40, ou seja estava quase 20 pontos acima. Ele me disse que nunca havia operado com um IMC tão alto, que as chances de morte durante a cirurgia com esse IMC, saltava de 1% para 15%, e ele não podia arriscar.

A solução? Emagrecer de 25 a 30kg, para que eu pudesse operar. E quando eu emagrecesse esse peso, marcaríamos a cirurgia. Mas esse não foi o ápice da minha consulta, ainda me lembro que ele segurou em minhas mãos e me falou com toda calma do mundo: 

.... Eu te admiro por tudo que conquistou profissionalmente, mas se continuar neste caminho, você não vai colher os frutos de todo seu suor, talvez você não chegue aos 40 anos, precisamos fazer algo, e eu acredito em você. Era exatamente o que eu precisava, um alguém que acreditasse em mim. 

Foram exatamente 05 meses... 05 longos meses, eliminei 30 kg, com muito auxílio psicológico, nutricional e medicamentoso. E enfim... chegava o grande dia! 

13 de junho 2013- Ah! Que sensação maravilhosa, era medo mergulhado numa felicidade sem limites! Eu havia passado pela primeira fase, e vencido! Faltava as próximas etapas. Enquanto, eu estava deitada na maca, e percorria os corredores frios e silenciosos, passava um filme em minha cabeça, claro que eu tinha medo de morrer na cirurgia, mas a felicidade por ter tomado a decisão mais importante da minha vida e por ter certeza que era a melhor decisão, me fez ter calma.... 



E... eu operei!



Os dias foram passando, os quilos foram indo embora, sempre aliando dieta, exercícios físicos e suporte psicológico. O obeso é um doente e precisa ser tratado como tal. 

E foram muitos quilos... 100, para ser exata!!! Alcançados em 3 anos após a cirurgia. 

Obviamente, que houve momentos de altos e baixos e que a vontade de desistir foi imensa, mas daí eu lembrava do meu personal trainer (sim!, eu contratei um personal trainer) meu querido, Thiago Pineda, era necessário iniciar todo um processo de condicionamento físico, afinal foram quase 27 anos de sedentarismo e meu corpo precisava descobrir que era uma nova vida, ele me dizia: 

Quando você pensar em desistir, lembre-se – SEMPRE DÁ.... E quando eu queria desistir eu lembrava, que sempre dava, sempre dava para correr mais um km, sempre dava para não comer, sempre dava para resistir.... 

E sempre deu! 

Por inúmeras vezes, quando vejo minhas fotos de antes, eu me questiono, como não me via daquele tamanho, eu não via minha verdadeira imagem refletida no espelho, mas nosso cérebro se acostuma com a imagem refletida e como não temos outro referencial de nossos corpos, nos acostumamos. Hoje sei, que a imagem refletida, apesar de muito melhor do que anteriormente, ainda não me agrada totalmente, sinceramente, não me vejo magra e talvez nunca me verei, até porque o objetivo da cirurgia bariátrica não é nos transformar em modelos, mas nos devolver qualidade de vida, e possibilidade de viver e não somente sobreviver. 

Ainda faltam algumas cirurgias reparadoras para corrigir as marcas causadas pela obesidade, talvez eu esteja e seja eternamente insatisfeita com meu corpo (palavras do meu médico), mas uma realidade que reflete a minha vida, sou extremamente crítica em todas as esferas da minha vida. 

O ponto essencial, e que me fez tomar decisões tão drásticas em minha vida, foi olhar no espelho e admitir a minha insatisfação, em momento algum deleguei minhas decisões a ninguém, eu e somente eu deveria assumir o controle da minha vida, e admitir que a culpa pela obesidade não era de ninguém! Meu descontrole na alimentação, aliado a uma vida sedentária, era responsabilidade exclusivamente minha, e somente eu poderia resolvê-la. 

Percebo que em muitos momentos, o obeso tenta encontrar um culpado para sua obesidade, culpa-se o desemprego, a família, culpa-se o mundo pela obesidade, a obesidade é uma doença que precisa ser tratada de maneira multiprofissional, e a escolha precisa ser exclusivamente do doente. 

Talvez hoje, você precise de um incentivo para dar o primeiro passo, então pergunte-se: porque hoje eu não estou feliz? O que me impede de ser feliz? O que eu posso fazer para ser feliz? Se a sua resposta for que precisa perder peso para que seja plenamente feliz, não tenha medo, invista em você e tome a decisão. 

Tome a decisão por ser feliz, por assumir o comando da sua vida, não dê o leme do seu barco para ninguém que não seja você. Ninguém merece ser comandado, e a obesidade não pode ser seu comandante. 

Hoje, eu assumi o controle da minha vida, eu descobri que posso vencer todos os desafios propostos em qualquer ramo da minha vida, pois a maior batalha já foi vencida, quando eu descobri que o meu adversário estava dentro de mim.



Depoimento Pamela Diniz






O começo da minha depressão foi um terremoto de emoções, então foi um alívio começar a não sentir mais nada.

Eu sempre quis estar pouco me fu$#&** para as coisas. E finalmente eu não estava sentindo mais nada!!!!

Mas as minhas experiências lentamente foram se achatando e misturando até ficar óbvio que tem uma grande diferença entre estar pouco se fud@$%¨&$ para as coisas e não conseguir se importar com nada.



Em poucas palavras, você até sabe que coisas diferentes estão acontecendo com você, mas elas não parecem muito diferentes. É como se eu tivesse ganhado uma irmã gêmea, tipo Paulina e Paola Bracho, sendo a ultima a representação perfeita da depressão.

Sempre que ela aparece, eu me sinto vazia e a vida parece caminhar de forma mais lenta. Ela sempre me surpreende com uma visita, sem razão ou explicação. Ela me faz parecer e me sentir mais velha do que eu sou. Enquanto todo o mundo parece aproveitar a vida, eu vejo tudo através dela.

Tudo o que antes me traziam prazer, subitamente pararam de me alegrar. Ela acabou com a minha memória e minha capacidade de concentração. Com ela uma força sobrenatural é exigida para fazer qualquer coisa; coisas simples como tomar banho ou escovar os dentes!

Ela acaba com qualquer confiança que eu tenha em mim mesma. Ela me faz pensar e dizer coisas negativas, ela consegue me deixar irritada e de difícil convívio, ela toma meu amor e enterra minha vitalidade.

Ele adora me acordar.. principalmente para mostrar como tudo durante o dia será sacrificante e que tudo poderia ser resolvido com a com apenas uma atitude... Ela me mostra em pequenos detalhes soluções fatais, pensamentos negativos e repetitivos...

Ela não me faz sentir triste ou pra baixo. É pior, ela faz com que eu não exista. E conforme os dias passam ela vive mais a minha vida do que eu mesma! Eu até quero que ela vá embora, mas ela sempre vence! Cair se tornou mais fácil do que se levantar. Ela faz com que eu me isole de tudo e de todos!

Quando se perde a felicidade em viver, você começa a questionar qual é o motivo da vida.

É um momento estranho quando você percebe que não quer mais estar viva. Se eu fosse capaz de sentir alguma coisa, certamente estaria surpresa agora! Mas... esse desejo de parar de existir da mesma maneira que você deseja sair de um quarto vazio ou desligar um insuportável barulho repetitivo, é o que de mais atraente se interpôs em minha frente.

Mas essa não é a pior parte. A pior parte é decidir continuar vivendo.

Meu maior medo era que todos soubessem da existência de minha irmã gêmea. A última coisa de que preciso neste momento são de pessoas me julgando. Não é vergonha, cada um tem seus desafios o fato é que fingir me desgasta, me obriga a uma exaustiva tentativa de enganar a mim mesma. Manter uma mentira emocional é muito difícil. 

Eu não tenho sentimento algum, e todo mundo ao meu redor tem tantos sentimentos, que parece que eles estão sentindo tudo de propósito na minha frente, só para tirar onda com a minha cara!

Infelizmente o único sentimento que eu redescobri foi o choro. Prefiro que o chamem de “choro” e não “tristeza”, porque é só isso mesmo. É chorar por chorar. 

E essa é a coisa mais frustrante da depressão. Porque não se pode lutar contra ela, pois ela é um nada! Um algo tão absurdamente vazio que me torna incapaz de cobri-lo, preenche-lo e todas as soluções positivas e pró-ativas começam a parecer completamente malucas em comparação com o verdadeiro problema.

É como ter um cachorro morto no colo e ninguém reconhecer que ele está MORTO. Em vez disso, as pessoas se oferecem para tentar encontra-lo ou tentar descobrir como ele desapareceu. E eu tento, em vão dizer: Galera ele tá mortinho da Silva!!!!

E é exatamente assim que eu me sinto, não sei se todas as pessoas que tem essa doença se sentem assim. Não posso dizer por ninguém além de mim. A única coisa que eu desejo é sentir a felicidade e sorrir de verdade... sem mais mentir para mim mesma...








PARTO NORMAL OU CESÁRIO?


Olá lindezas! Hoje atendendo a um pedido vou falar sobre um tema que preocupa TODAS as mulheres. 

O parto é até hoje um mito! Costuma ser motivo de medo desde que nos conhecemos por gente. É comum quando crianças as meninas ficarem de orelhas em pé quando a pauta das mães e avós é esse, e ainda é motivo de nossos pesadelos por semanas. 

Mas você já parou para pensar por quê essa experiência é motivo de tanto temor? Pois hoje, pretendo não te convencer sobre qual o melhor parto, mas orientar você para que faça a melhor escolha possível. 


Como as pessoas veem o parto?


Quando descobre-se a gravidez, o primeiro pensamento que nos passa é: como vai ser meu parto? Pois bem, as novelas retratam o parto normal como sendo doloroso, sacrificante e desgastante e a cesariana como sendo o paraíso, onde a mamãe fica diva numa maca e chora somente por alegria. 


Mas será que na vida real é assim mesmo?



Parto Normal


Costumo dizer que existem 3 tipos de "subpartos" dentro dessa categoria. 

Parto Natural - É aquele que a evolução ocorre de maneira rápida ou seja, entre o rompimento da bolsa e o nascimento ocorre de maneira rápida e sem sofrimento para mãe e o bebê 

Parto Normal - É aquele em que a evolução ocorre dentro de 08 horas, mas dentro daquilo que é esperado, embora as contrações se estendam por longas 08 horas, existe dilatação e esta evolui durante as horas, a saúde do bebê e da mãe estão asseguradas, desde que acompanhado por um obstetra ok? 

Parto Anormal - É aquele que supera as longas 08 horas, a mamãe não possui ou possui pouca dilatação, causa sofrimento em demasia a mãe e ao bebê. 


Meu filho nasceu de parto normal, então posso responder as maiores duvidas com relação a ele. 


Dói?


Sim, não vou ser hipócrita e dizer que não. Dói sim, mas não é uma dor insuportável. 

É uma dor que começa bem leve quase imperceptível, parecido com uma cólica menstrual, e que vai ganhando intensidade conforme o tempo vai passando. 

Normalmente quando a dor esta intensa é comum o obstetra fazer uma anestesia local e em seguida uma episiotomia (traduzindo: um corte que aumenta a vagina para facilitar a passagem do bebê). 

No meu caso não houve tempo nem para a anestesia nem para a epísio. O parto foi tão rápido que minha epísio foi natural, ou seja, rasgou mesmo. Agora me sinto Phd no assunto kkkkk. 

Agora a dor do nascimento propriamente dito, essa sim é A dor! É uma dor que dá desespero, que te obriga a fazer força, que te faz chorar não porque dói mais porque você quer que o bebê saia logo e você possa ver finalmente o rostinho que você sonhou por 09 longos meses. 

E tudo isso dura segundos! Isso mesmo! SEGUNDOS!!!!


Tudo aquilo que você vê em novela é encenação para caracterizar a cena, é a exacerbação da realidade. 


Vantagens:


Depois do nascimento (quando eu digo depois é logo em seguida mesmo!!! Tipo 20 minutos), você já esta de pé, e
Pode tomar banho,
Pode se alimentar,
O leite "desce" muito mais rápido,
Você tem disposição para cuidar do recém nato,
Você retorna ao seu peso com muito mais facilidade,
Seu abdômen retorna praticamente ao que era antes,
Menor risco de infecção,
Período de recuperação de 40 dias,
SEM DOR APÓS O PARTO


Desvantagens:


Dor durante o parto,
Frio intenso pós parto,
Ansiedade


Como ter um bom parto natural?



Faça o pré natal,
Caminhe,
Não ganhe muito peso, o ideal é de 01 kg por mês.


Parto Cesário



Como eu só tenho um filho pedi ajuda para uma amiga para responder as questões sobre este assunto. 

O parto cesário é uma cirurgia. Ou seja envolve todos os risco de qualquer outra cirurgia. Ele foi criado para assegurar a vida da mãe, do bebê ou de ambos, quando ocorre alguma complicação durante a gestação ou quando o parto normal não evolui. 


Dói?

Claro que não, você receberá uma anestesia na coluna. Um pano será estendido a sua frente e não verá o obstetra abrir a sua barriga em um corte de mais ou menos 07 centímetros, que é feito por etapas. Pele, gordura, útero e bolsa. 

Você ouvirá a conversa da equipe médica, que geralmente gira em torno da economia do País e do Mundo. 

A ansiedade estará em alta, como você não sente nada, fica ali somente imaginando quando ouvirá o choro do seu bebê. 

Se o seu companheiro puder estar com você a esta altura ele estará relatando tudo o que está vendo (espero que ele não desmaie, é o que você pensa) 

E finalmente em um procedimento cirúrgico relativamente rápido você terá em seus braços o seu lindo bebê sem dor e sem esforço momentâneo. 


Vantagens


Sem dor durante o parto,
Dia e horário marcado
Comodidade para o obstetra que pode programar sua agenda e fazer por vezes, mais partos em um mesmo dia.

Desvantagens


Dor após o parto,
Risco de infecção,
Você não pode se levantar até que o efeito da anestesia passe
Muito menos tomar banho logo em seguida,
Menos ainda comer logo em seguida,
A anestesia causa vômitos e dores de cabeça intensa
Atividades como, cuidar do recém nato pode ser incomoda nos primeiros dias
O leite demora a "descer"
O período para recuperação total é de 2 meses,
Você ganhará uma cicatriz que dividirá seu abdômen,
Demora um pouco mais para retornar ao seu peso ideal.

Como ter um bom parto cesário?


Você deve ter indicação para isso, ou seja sua gestação deve oferecer risco a você, seu bebê ou ambos. Uma cirurgia desnecessária deve ser sempre evitada.









DIA D - VACINAÇÃO CONTRA GRIPE 

Lindas cerejas. Hoje eu vim falar sobre a Vacina da Gripe e a importância da vacinação. Ainda vim esclarecer como é feita a abordagem dos grupos de risco, para que assim vocês possam entender o porque alguns são vacinados e outros não! 

O primeiro ponto é você entender o que é a vacina. As vacinas são imunobiológicos ou seja são microrganismos causadores da doença manipulados para estimular o sistema imunológico do individuo a se defender contra a agressão causada por este microrganismo para o qual a pessoa foi vacinada. 

A vacina de gripe deste ano possui 03 tipos de vírus influenza atenuado ou seja incapaz de causar a gripe, mas suficientemente capaz de estimular o seu sistema imunológico. 

O segundo ponto é você entender como são selecionados os grupos de risco. Os grupos de risco são formado por pessoas que estão mais susceptíveis a contrair e morrer em decorrência de complicações causadas pela doença Gripe, como os cardiopatas asmáticos, portadores de HIV... Por exemplo: fazem parte deste grupo as crianças até 5 anos ( 4 anos,11 meses e 29 dias), pois elas ainda não tem seu sistema imunológico maturado o que ocorre aos 5 anos. Os idosos ( a partir dos 60 anos ) pois com o avanço da idade o sistema imunológico tende a se tornar deficiente. 

Entretanto se você possuir poder aquisitivo para comprar a vacina poderá toma-la todos os indivíduos com mais de 06 meses de idade. 

O terceiro ponto é saber porque o restante da população não é vacinado. Aqui entram varias questões como por exemplo a econômica; vacinar mais de 200 milhões de pessoas seria um gasto muito alto ao governo. Outro fator que se leva em consideração é a vacinação indireta. Entenda; se eu tenho um grupo de 10 pessoas e vacinar 07 as chances de as outras 03 adoecerem são muito pequenas porque o microrganismo terá dificuldade em encontrar um hospedeiro. 

O quarto e ultimo ponto é saber o porque devo vacinar. Conscientizar a população da importância é um desafio à politicas de saúde publica. Existe ainda muita resistência principalmente por parte da população mais idosa; onde estes acredita que vão adoecer e ate mesmo falecer se tomarem a vacina. Leia-se que se não atingirmos os grupos de risco a vacinação indireta estará prejudicada. E as chances do vírus se espalhar são maiores. 

Adoecer após tomar a vacina é algo relativamente comum e ate mesmo esperado, já que com a mudança climática, a convivência das pessoas em locais fechados e o inicio tardio da vacinação favorecem a proliferação do microrganismo. Quando uma pessoas adoece após a vacina, ela já estava com o microrganismo incubado e se manifestou exatamente quando da tomada da vacina sem que haja qualquer relação com o fato. 


Minhas cerejas, vamos vacinar nossos filhotes e incentivar a vacinação. Hoje é o dia D em 2016!! Bjus ;)







Ufa! Que correria esta essas ultimas semanas... 



Mas, vamos ao que interessa. Essa semana recebi vários emails e um deles me chamou atenção, porque falava de suplementação. Hoje no mercado existem tantos tipos de suplementos, capsulas, gel, pó, liquido,termogênicos... enfim coisas que prometem um corpo perfeito em uma embalagem. Mas até que ponto isso funciona?

Como a gama de suplementos ofertada no mercado é muito grande, eu resolvi falar das mais populares. Fiz uma pesquisa rápida e descobri que o mais popular no momento são aquelas capsulas que contem óleo e prometem barriga tanquinho... O fato é que não existem comprovações cientificas sobre sua eficiência ou não e cá entre nós nas embalagens a principal recomendação é a atividade física e reeducação alimentar ou seja você não emagrece por causa da capsula e sim pelos exercícios e dieta. 

Nas academias a vedete é o termogênico, que tem em sua composição elementos que promovem um estimulo ao sistema nervoso central o que melhora por determinado tempo seu desempenho durante atividade física e acelera o metabolismo o que ajuda na perda de peso, mas não precisa ficar alegrinho e abrir outra guia de internet no seu PC pra pesquisar os melhores preços deste medicamento, porque apesar do termogênico parecer muito eficiente ele pode trazer riscos a sua saúde, pois eles trazem efeitos colaterais como 

Insônia;

Dor de cabeça;

Enjoo;

Arritmia cardíaca;

Agitação;

Falta de concentração.

Para os praticantes de Corrida (ahhhh, a maior parte dos meus leitores), a queridinha é a proteína isolada, pois ela é sinônimo de ganho e manutenção da massa magra, massa muscular. A principal fonte formadora dos músculos são as proteínas e seu consumo pode favorecer o atleta na recuperação pós treino/competição, bem como melhorar sua resistência fazendo com que o mesmo suporte o ritmo da corrida por mais tempo.

Ainda, aos praticantes da corrida há o uso de bebidas "esportivas", estas que contém eletrólitos e carboidratos, essas bebidas são um tipo de suplementação e na minha opinião um dos principais suplementadores dentre os praticantes da corrida pois, como vimos no post de inauguração, o carboidrato fornecem energia ao corpo e os eletrolitos repõe o sal, potássio, magnésio... perdido durante a atividade física.

Seja qual for seu esporte, o principal é que se você quer se dar bem nele não caia nas armadilhas da internet, pois pode-se encontrar todo tipo de informação a respeito de um produto mas somente um nutricionista esportivo pode indicar qual o melhor suplemento indicado para você dentro da sua modalidade esportiva. 




Espero que tenham gostado e até o próximo post!






Final de semestre é uma correria, bagunça toda a minha rotina. E eu estava sem ideia sobre o que escrever... Daí pensei que tal se falarmos sobre ROTINA!!!

Ok, só de ouvir essa palavra a gente fica de sacolinha cheia não é? Pois saiba que a rotina é extremamente necessária para que seu treino te dê os bons resultados tão almejados, agora vamos entender o por quê.

Nosso organismo é totalmente adaptável. Nós podemos nos acostumar com calor, com frio, com baixa de nutrientes, com cansaço... enfim com todos os tipos de mudanças; entretanto se estas mudanças são muito frequentes e bruscas pode se originar o stress que pode ser tanto físico quanto psíquico.

Claro que eu não quero dizer que você tenha que almoçar britanicamente as 12 hrs todos os dias, mas manter horários mais ou menos certos para suas atividades dá um conforto maior ao seu organismo como um todo, afinal ninguém gostaria de receber um telefonema do chefe as 3 da manha pra ir voando ao escritório correto? O simples fato de saber que você só assumirá seu posto de trabalho as 8 hrs já traz um relaxamento aos músculos e ao cérebro.

Assim acontece com a atividade física se você mantem uma rotina de treinos o seu organismo estará esperando o desgaste que ocorrerá e se preparará para ele e isso fará que a cada dia a resposta muscular e esquelética seja melhor!

Agora vc deve estar se perguntando... Mas qual é o melhor horário para eu treinar?

Bom a resposta é simples: aquele que melhor se adpte a sua rotina (olha a palavrinha ai de novo), se você tem mais tempo livre a noite então VÁ A NOITE, se for de manha VÁ DE MANHÃ! O importante é praticar alguma atividade física rotineiramente isso deixará seu corpo saudável e sua mente feliz!!!!



Até a próxima semana, que espero já ter reformulado a minha ROTINA!







Regrinhas básicas para ACADEMIA RENDER para o seu corpo! 


Mesmo sendo necessário que se vá 6x por semana malhar as vezes isso não é possível. Não fique neurótica com isso, se você só puder ir 1x ou 3x o importante é ir , se não puder ir; paciência! Então é isso! Bora pras dicas?

Nunca dependa do instrutor pra tudo, porque numa boa ele tá lá pra te auxiliar, ele NÃO É sua baba; 

Aprenda o que é e pra que serve cada exercício, bem como aprenda a reconhecer os pesos, e quando sua serie se tornar obsoleta aumente gradativamente o peso 

Beba bastante água durante o exercício, mas não faça disso uma desculpa para enrolar, respeite os intervalos entre as series. 

Deixe seu celular no carro, na bolsa, em casa.... Academia não é lugar de responder WatsApp, bater papo, postar no face... 

Esqueça a vaidade. Não pense você que irá entrar linda e sair maravilhosa. Você vai transpirar, ficar descabelada e maquiagem nenhuma resiste a isso. A ultima coisa que os homens olham nesse lugar é pra sua cara, entenderam? 

Insista. Muitas pessoas ficam constrangidas na primeira semana, eu também fiquei. Mas pense: Se eu tivesse com o corpo perfeito o ultimo lugar pra onde eu iria, seria a academia!!!!! Então você será novidade só no primeiro dia logo você passa a fazer tanta diferença quanto uma caneleira.... 








Você come ou se alimenta?

Parece uma pergunta incoerente! mas não é, hoje no Brasil, cresce a cada dia o numero de obesos, não estou falando gordinhos, e você sabe o por que?

Poque somos desde a infância educados a comer, não importa o que desde que se coma. Claro que mamãe e papai quer que a os seus filhotes comam os alimentos mais saudáveis do planeta, mas conforme o paladar da criança se forma ela vai aderir ou não a determinados alimentos e é claro aqueles mais saborosos ficam e os saudáveis geralmente caem.

Por isso a reeducação alimentar é tão importante.

Nós não nascemos programados para comer por ansiedade, depressão ou seja lá o que for. 

Se alimentar deveria ser exclusivamente para saciar a fome.

Mas tem a pipoca no cinema, a pizza no fim de semana, o churrasco com os amigos, jantar com namorada (o), chopp no happy hour... Passamos, com a vida moderna a ser programados para comer!

Então lembre-se que há uma grande diferença entre comer e se alimentar!!! 

E ai você come ou se alimenta?






Quero emagrecer posso ficar sem comer?


Primeiro - saco vazio não para em pé! Obviamente se você se lançar a pratica de exercício sem se alimentar o máximo que conseguira será a perda momentânea dos sentidos ( desmaio).

Isso porque o nosso organismo precisa de carboidratos para gerar a energia para fazer seus olhos se mexerem, te fazer pensar, andar, falar e CORRER!

Quando você não se alimenta obriga-se o organismo a procurar outras reservas de energia nais complexas e menos eficazes como as proteínas e a gordura.


Mas ai você vai pensar - ahaaa, então se eu não comer meu organismo vai usar a gordura para gerar energia?

A resposta é NÃO!

Nosso organismo segue uma sequencia para geração de energia

primeiro é o carboidrato

segundo as proteínas e

por ultimo a gordura

O que acontece e que você desmaia assim que sua reserva de carboidratos acaba, porque seu cérebro precisa de açúcar para funcionar, sem o açúcar ele provoca este desmaio para que nenhum dano seja causado.

Ai você vai pensar - então nunca a gordura vai ser quebrada?


A resposta é VAI!

Quando você começar a se exercitar com frequência, com ritmo constante e por tempo prolongado você atingira a reserva de gordura. Por exemplo - Dias alternados, caminhando ou correndo a uma velocidade constante (sem paradas e sem conversar) por no minimo 50 min.

A essa altura sua pergunta deve ser - como me alimentar corretamente para a pratica de atividade física?

A resposta é CARBOIDRATO antes da atividade e PROTEÍNA apos a atividade.

A proteína é importante para construção dos músculos, então se você quer ficar igual panicat ou tipo Usain Bolt, bora comer proteína apos o treino...


Bom espero que tenham gostado do post.


Calcule Sua Gordura Corporal ClickAqui










Meu Deus!!! Tomei coragem!!! Fiz minha primeira tatuagem!!! Alias DUAS primeiras!!!

A tatuagem hoje não é mais marginalizada, há tempos ela foi usada para marcar tribos indígenas, organizações criminosas, homossexualismo… Mas hoje marcar a pele passou a ser estético e até mesmo utilizada na identificação de problemas de saúde. 

Sabiam que os diabéticos tem tatuado no pulso “eu sou diabético tipo I ou II” depende de cada caso né?! Pois então se você encontrar uma pessoa desmaiada e ela tiver essa informação tatuada você poderá chamar socorro identificando qual o problema dela!? ;)

Cada pessoa tem seus motivos para tatuar, o que me motivou foi a estética. E não foi uma decisão repentina, pensei muito sobre o assunto, o desenho… alias a única coisa que eu tinha certeza era do local a ser tatuado.





Acho que todos sabem que eu tenho um filho de quase 04 anos, uhullll crescendo!!!! Mas o que poucos sabem é que ele nasceu de parto normal, ou seja não tinha nenhuma cicatriz na minha barriga. Após o nascimento dele eu implantei sob orientação da minha ginecologista, um DIU que saiu do útero e foi parar próximo ao intestino.






Enfim, eu fiz uma videolaparoscopia , e para cobrir as cicatrizes eu fiz as minhas primeiras tatuagens. Como todo mundo eu senti uma insegurança, medo mesmo da dor, mas eu fui fazer o que eu queria fazer!!!!






Vamos as peguntas frequentes:



No que eu devo pensar antes de tatuar?



Escolha um desenho que combine com seu estilo, 

Escolha o local que você julgue mais adequado, 

Não vá pela opinião dos outros, o desenho ficará em VOCÊ pro resto da sua vida, 

Não use anestésico tópico, pois isso altera a cor da tatuagem e o resultado final, 

Procure um bom tatuador, pesquise sobre as artes que ele já fez, se possível converse com clientes dele, 

Procure também por um bom centro de tatuagens, aquele que te oferece higiene, materiais descartáveis, tintas de boa qualidade e atendimento de balcão de qualidade, isso te dará conforto e segurança. Cai entre nós a gente fica com medinho sim! 


Doí?


Doí sim! Mas não é uma dor insuportável. Em partes moles onde tem gordura e músculo é quase imperceptível, onde tem osso é bem dolorido, mas ninguém vai morrer por isso.



O meu desenho tem

Linha ou seja contorno. O contorno tem a sensação de uma agulha sendo arrastada sobre a pele de forma continua. 
Preenchimento ou seja a pintura propriamente dita. É super tranquilo praticamente não doí, ate picada de pernilongo doí mais que isso. 
Pontilhado ou seja uma pintura que não preenche todos os espaços é para criar um efeito. Ela doí muito pouco é como se você estivesse sendo picado por uma formiga. 



Como é a experiência?

Vou contar da minha, claro neh!!!! Eu escolhi o Mogi tatoo, já tinha ido lá durante minha pesquisa. A loja é realmente linda, não tem aquela cara “pesada”, é uma loja completa, com roupas, sapatos, acessórios … com uma pegada rocker mas ao mesmo tempo super cleen. Uma das meninas , super simpática e educada me recepcionou muito bem. 

Assim como o tatuador Demétrius; ele imprimiu o desenho que eu queria fazer em vários tamanho e me orientou sobre o que ficaria melhor entretanto respeitou sempre minha vontade. 

Preenchi uma fichinha básica e fui para o decalque ou seja, eh um contorno tipo risco do desenho, aqui eh que você define como quer o posicionamento, a altura... se você escolher mal problema seu kkkkk.

Só depois de definido estes detalhes é que começa realmente a tatuagem.

Gostei muito do Demétrius, ele me deixou super tranquila, foi me falando tudo o que iria fazer, e assim eu fiquei mais a vontade e pude perceber que estava DECEPCIONADA! 

Poxa assisti a tantos vídeos no YouTube de gente gritando, descabelando, desbocando e…. NÃO É NADA DISSO!

Adorei a experiência!

Como devo cuidar da minha tatuagem recém feita?

Você vai notar que nas primeiras horas soltará tinta, sangue e uma “gosma”, isso é plasma sanguíneo.

Curativo com pomada cicatrizante/ antibiótico envolvido no filme plástico somente quando sair do estúdio, 

Após esse período você apenas higienizará e aplicará a pomada ate completar 15 dias, 3x por dia 

Deve evitar chocolate, refrigerante, gordura, banho quente, sauna, exposição solar, piscina, bebida alcoólica, viver kkk, enfim tudo o que possa prejudicar a sua cicatrização. 

Se o local for de contato com roupa o cuidado é ainda maior, principalmente nos primeiros 03 dias. Evitar ao máximo o contato. 


Doí depois?



Doí como uma ferida cicatrizando, coça pra caramba, descasca, fica feio kkkk, dá desespero, parece que não vai ficar bom, mas fica!


E se infeccionar?





A minha infeccionou, a do lado direito. Ficou muito feio drenou ou seja saiu o famoso pus, cavitou (traduzindo fez um buraco) e só cicatrizou mesmo após aplicação de antibiótico spray, prescrito por um médico.










Mas isso esta sujeito a acontecer em qualquer pessoa que faz uma tatuagem e em qualquer estúdio. O processo inflamatório tem que acontecer e por mais cuidados que você tome tem lugares no corpo que está mais susceptível a infeccionar como articulações, partes em contato com a roupa ou cabelo, quentes e úmidos nem preciso dizer onde né? entre outros.











Após total cicatrização foi necessário retocar a tatuagem. Foi muito tranquilo, doeu um pouco porque a pele que se formou foi recém regenerada, mas foi super rápido só uma passada já resolveu o problema da manchinha que tinha ficado.


E eu?




ESTOU APAIXONADA PELAS MINHAS CEREJAS! Não sei porque gosto tanto delas, foi meu primeiro pensamento quando decidi tatuar e embora eu tenha visto muitos outros desenhos não consegui mudar.









A cereja para mim significa




Doçura, mas não se engane com a aparência pois ela pode esconder um sabor não muito agradável. 
Força, pois in natura ela tem uma espécie de revestimento que dificulta a sua mordida, entretanto quando estão em calda são frágeis. 
Feminilidade; quantos contornos ela apresenta, quase podemos enxergar as curvas de uma mulher 
Sensualidade, o que você tem vontade de fazer quando vê uma cereja com calda bem adocicada escorrendo sobre aquela fruta bem vermelha? 

A cereja sempre está presente em ocasiões muito especiais, quem nunca ouviu ou disse “ é a cereja do bolo”. 

Eu amo cereja, sempre amei. Ela me define bem, e agora ela faz mais do que nunca, parte de mim!






Minha historia com o DIU 




O que é DIU?


DIU ou Dispositivo Intra Uterino, é um método contraceptivo colocado diretamente dentro do útero, que pode conter ou não hormônios sobre sua superfície, seu formato é parecido com um Y ou T.


Minha experiência



Eu implantei o DIU quase ano após o nascimento do meu filho. Implantei porque meu fluxo ficou totalmente descontrolado e com bebê pequeno eu andava esquecendo os comprimidos. 

Enfim fiz o procedimento e senti muita dor após a inserção do dispositivo intra uterino, a dor era tão grande que eu mal parava em pé e só vomitava, aguardei 5 dias e fui ate uma clínica para realizar a ultrassonografia transvaginal, para observar se o DIU estava bem posicionado. 

Neste exame não foi localizado o DIU.

Foi então indicado um outro tipo de ultrassom: Abdômen total; que também não visualizou o DIU.

Com isso pode-se concluir que ele foi expelido.

Entretanto a dor diminuiu mas não cessava, aprendi a conviver com ela e esta permaneceu por muito tempo, sem causa aparente; ate que 1 ano após a inserção eu senti uma dor que afetava além da coluna a perna direita, achando que poderia ser nervo ciático eu procurei um ortopedista que me solicitou um RX de coluna. 

E para minha surpresa quem estava lá???? O DIU?!!! Pois é o primeiro e único. 

Ele saiu pela trompa e caiu em região íliaca (bacia) e lá ficou “livre” ,se movimentando, por isso a dor. 

Eu o retirei por videolaparoscopia. 


Videolaparoscopia

A videolaparoscopia é uma técnica cirúrgica onde três incisões (cortes) são feitos na região do abdomên: uma de cada lado do infra abdômen e uma no umbigo. 

Pelo umbigo uma câmera é introduzida e vai guiando uma “garra” que pegará o objeto a ser retirado. 


Minha conclusão


Eu sei que expelir o DIU não é algo incomum, pois o corpo entende aquele objeto como um corpo estranho e pode expulsar, assim como eu poderia não me adaptar a um anticoncepcional Oral. 

Também sei que casos como o meu são raríssimos. Então cada mulher deve escolher o seu método, não é porque não foi bom para mim que não será para você né?! 








Sedentarismo 



Vocês sabiam que o sedentarismo é duas vezes mais mortal que a obesidade?

A falta de atividade física, não necessariamente a prática de esporte, mas sim uma simples caminhada, subir escadas, dançar, nadar, jogar bolar pode afetar muito nossa saúde e nosso bem estar. O sedentarismo ocorre quando gastamos poucas calorias diárias ou quando não temos costume de fazer qualquer tipo de exercício.

Os malefícios que ele trás a nossa saúde são muitos, como atrofiamento dos músculos, diabetes, colesterol, hipertensão, distúrbios cardíacos, infarto e ate mesmo o envelhecimento precoce. E para se livrar desse mal é necessário gastar 2.200 calorias por semana. 

Praticar atividades físicas ou realizar alguns esforços no nosso dia a dia são pequenas formas de evitar o sedentarismo e garantir uma melhor qualidade de vida. Portanto, conseguimos ser saudáveis mesmo sem ter tempo e dinheiro. 



Até mais.. Beijos








Intoxicação Alimentar


Uma das maiores vilãs das férias de verão é a intoxicação alimentar. Já que muitas vezes é difícil resistirmos á algumas tentações alimentares presentes nessa época do ano.

Ela é causada através da ingestão de água e alimentos contaminados por bactérias, vírus, toxinas, fungos e até mesmo produtos químicos. A contaminação pode ocorrer desde a manipulação até o armazenamento dos nossos alimentos.

Os sintomas que uma pessoa pode apresentar são: náuseas, vômitos, diarréia, febre, dor abdominal, cólica, mal-estar, desidratação, perda de peso e queda de pressão arterial.


Como a prevenção é a mais importante, darei algumas dicas de como evitar a intoxicação alimentar:

Mantenha sempre alimentos e bebidas refrigerados assim vai dificultar a proliferação de algumas bactérias responsáveis pela intoxicação, e é sempre importante ficarmos de olho no prazo de validade. 

Nunca consumir alimentos que possuem alterações no cheiro, na cor e no sabor. 

Devemos também ter cuidados ao servir os alimentos, principalmente carnes e peixes, não deve-se aguardar mais de duas horas para servir. 

Lave muito bem as mãos antes de preparar e consumir os alimentos. 

Prefira sempre ingerir água filtrada. 

Cuidado com ovos, frutos do mar, enlatados, maionese, queijos, frutas, e espetinhos. 

São poucos os cuidados que devemos ter mas que fazem toda a diferença no nosso dia a dia e principalmente em nossas férias.


Até mais e Boas Férias!!!







Nesse calor, é necessário darmos uma atenção especial à nossa saúde, sabem por quê?

Porque estamos mais propensos á sérios problemas, como por exemplo, desidratação, hepatite A, câncer de pele, leptospirose, micose, dentre outras doenças... Hoje falarei especificamente do câncer de pele, que corresponde á 25% de todos os cânceres malignos diagnosticados no Brasil.

O câncer de pele apresenta algumas características muito importantes e que devem ser analisadas com muito cuidado. A lesão maligna geralmente vai se apresentar em uma coloração mais rosa, avermelhada ou escura, com crescimento lento, mas progressivo. Pode se parecer também com uma ferida que não se cicatriza, ou até mesmo como pintas, possuindo suas bordas irregulares, que crescem devagar, elas coçam, sangram ou apresentam alterações de cores.

O diagnostico precoce é fundamental, já que a maioria dos casos diagnosticados no inicio apresentam maiores chances de cura. Inicialmente é feito através da remoção cirúrgica e em casos mais graves quimioterapia ou radioterapia.


Dicas de prevenção do câncer de pele: 


Faça uso de filtro solar, com fator de proteção ideal ao seu tipo de pele, o uso de chapéus e óculos escuros também ajudam na proteção. Exposições excessivas ao sol devem ser evitadas entre 10 e 15 horas. 

Autoexame: deve ser feito regularmente, observando se tem presença de alguma mancha, lesão, pinta que apresenta alguma alteração. Durante o autoexame é necessário verificar a palma das mãos, os vãos dos dedos, a sola do pé e o couro cabeludo. 

Vá com regularidade a um dermatologista, principalmente se há histórico de câncer de pele na família. 


Espero que tenham gostado das dicas... Até a próxima, beijos!!!





SAÚDE SAÚDE Reviewed by Polly Moraes on 17:27 Rating: 5

Nenhum comentário